Danificação é coisa séria

"A reclamação do cliente, ao invés de ser um problema, muitas vezes serve como um trampolim para alcançar um produto melhor e mais seguro.”

  Cracking is no joke

 

Cracking is no joke

Cracking is no joke

Cracking is no joke

 

 

 

Lugares apertados

Qualquer um que já teve de forçar uma curvatura em um cabo rígido em lugares apertados poderia entender o problema de danificação quando o cabo é energizado, o que pode provocar curtos-circuitos perigosos. Um cabo rígido de energia novo, multipolar, livre de halogênio e com retardância a chamas (ou fogo) usando um revestimento compostos à base de poliolefinas ao longo de um acolchoamento composto com alto nível de retardadores de chama elimina esse risco.

 

Perigo invisível

O problema da danificação não é sempre detectado porque muitos cabos possuem seus conduites e dutos dobrados no interior do cabo, e são, portanto, invisíveis ao olho humano. Falhas poderiam aparecer mais tarde, especialmente quando a água começa a infiltrar-se no revestimento externo agora danificado, limitando assim a vida do cabo.



Abaixo da linha, abaixo da mina

Esta solução foi feita sob medida para os clientes que precisavam dobrar condutores rígidos HFFR em espaços e estruturas apertadas, como o túnel de subestações rodoviárias do Chile e em minas de cobre.

 

Ajustes geram bons frutos

O novo projeto começou com uma reclamação de um cliente que nos levou a analisar a causa da danificação dos cabos quando foram instalados. Testes de ciclo térmico para a norma IEC 60502-2 não incorporam uma curva apertada no circuito de teste; por isso decidimos fazê-lo. Isso trouxe à luz as rachaduras que o cliente havia observado. O passo seguinte foi substituir o Etil Vinil-Acetato ou um base termoplástica a base de EVA composto de um revestimento externo com alto composto HFFR por um invólucro à base de poliolefina, que se resolveu completamente o problema. De queixa inicial para os primeiros protótipos que saíram da linha de produção foram duas semanas.

 

Extrusão de velocidade triplicada

Com esse projeto, nós continuamos a atender nossos padrões, e ainda conseguimos tripicar a velocidade de nossa linha de revestimento de extrusão.